(O Cinema em Cena precisa de seu apoio para continuar a existir e a produzir conteúdo de forma independente. Para saber como ajudar, basta clicar aqui - só precisamos de alguns minutinhos para explicar. E obrigado desde já pelo clique!)

----------------------------------

Em 2007, no primeiro Festival de Tribeca que cobri, encaixei em minha programação um documentário sobre o qual nada sabia e que acabei vendo quase que por acidente: The King of Kong. O filme acompanhava a tentativa de um professor que buscava bater o recorde do clássico game "Donkey Kong", cuja maior pontuação pertencia há mais de 20 anos a Billy Mitchell, uma celebridade do mundo dos arcades que se popularizaram na década de 80. Divertido e surpreendentemente tenso, o longa revelava um universo de gamers veteranos que levavam tremendamente a sério os jogos de sua juventude e seus recordes. Foi, portanto, uma grata surpresa do festival.

Pois agora a Netflix disponibilizou Man vs. Snake: The Long and Twisted Tale of Nibbler, que conta a história de Tim McVey (não confundir com Tim McVeigh), que em 1984 se tornou a primeira pessoa a conseguir mais de um bilhão de pontos em um game: o Nibbler do título, que, jamais celebrado como seus contemporâneos famosos (Pac-Man, Donkey Kong, etc), era o único que permitia esta pontuação - que, no entanto, exigia cerca de dois dias seguidos, sem interrupções (não existia o botão de "pause" , lembrem-se), para ser alcançado. Ao descobrir que seu recorde havia sido batido há mais de 20 anos por um italiano, McVey decide reconquistar o título aos 40 anos de idade, enfrentando para isso o competitivo Dwayne Richard.

Se The King of Kong olhava para seus personagens de cima para baixo, rindo de suas obsessões, Man vs Snake é um documentário que encara os gamers que enfoca como indivíduos que merecem ser levados a sério: sim, podemos não compreender o que leva um homem de 40 anos a ficar dois dias parado em frente a uma daquelas antigas máquinas que povoavam os arcades, mas sabemos que, de uma forma ou de outra, aquilo é importante para ele (e, aos poucos, também para sua esposa, que se revela uma companheira formidável).

Trazendo entrevistas com os mesmos Billy Mitchell e Walter Day que tinham papeis importantes em The King of Kong, este novo filme acaba funcionando também como um mergulho nostálgico no período que marcou o estouro dos videogames ao redor do mundo, revelando-se, no final das contas, como um tributo à persistência de seu atípico herói. 

Clique na imagem abaixo para assistir.

Um grande abraço e bons filmes!

Outras edições da coluna:

Episódio #34: Assim na Terra como no Inferno
Episódio #33: Desaparecido - Um Grande Mistério
Episódio #32: Leonera
Episódio #31: Possuída
Episódio #30: Viagem à Lua de Júpiter
Episódio #29: The Witness
Episódio #28: I am the Pretty Little Thing that Lives in the House
Episódio #27: The 13th
Episódio #26: Amanda Knox
Episódio #25: Audrie & Daisy
Episódio #24: A Ponta de um Crime
Episódio #23: Cartel Land
Episódio #22: ARQ
Episódio #21: Sete Homens e um Destino
Episódio #20: Alan Partridge: Alpha Papa
Episódio #19: Stranger Things
Episódio #18: Em Nome de Deus
Episódio #17: The Invitation
Episódio #16: A Mulher Faz o Homem
Episódio #15: Branco Sai Preto Fica
Episódio #14: O Rei da Comédia
Episódio #13: Jesus Camp
Episódio #12: O Barco: Inferno no Mar
Episódio #11: A Fortuna de Ned
Episódio #10: Amy
Episódio #09: In the Loop
Episódio #08: Life Itself
Episódio #07: À Procura de Elly
Episódio #06: O Guarda
Episódio #05: Triângulo do Medo
Episódio #04: Tempo de Despertar
Episódio #03: A Trapaça
Episódio #02: Tyke: Elephant Outlaw
Episódio Piloto: 21 longas para começar.


Seja o primeiro a comentar!

 

Publicidade

Publicidade

Colunista:

Pablo Villaça

Pablo Villaça, 18 de setembro de 1974, é um crítico cinematográfico brasileiro. É editor do site Cinema em Cena, que criou em 1997, o mais antigo site de cinema no Brasil. Trabalha analisando filmes desde 1994 e colaborou em periódicos nacionais como MovieStar, Sci-Fi News, Sci-Fi Cinema, Replicante e SET. Também é professor de Linguagem e Crítica Cinematográficas.

Publicidade

 

Redes Sociais Sobre