Cinema em Streaming Episódio #44: Psycho Raman (2016)

(Psiu. Um segundinho, pode ser? Se você gostar deste texto - e se curte as críticas que lê aqui no Cinema em Cena -, saiba que ficamos bastante felizes, pois o site precisa de seu apoio para continuar a existir e a produzir conteúdo de forma independente. Para saber como ajudar, basta clicar aqui - só precisamos de alguns minutinhos para explicar. E obrigado desde já pelo clique!)

----------------------------------

Raman Raghav foi um assassino em série que fez várias vítimas em Mumbai durante a década de 60 - uma história pavorosa que o diretor indiano Anurag Kashyap usa aqui como molde para um thriller curioso. Com o título original de Raman Raghav 2.0, o longa acompanha dois indivíduos: o serial killer Ramanna (Nawazuddin Siddiqui) e o policial Raghavan (Vicky Kaushal).

Como é fácil perceber pelos nomes dos sujeitos (e pelo 2.0 do título), o filme emprega a relação entre os dois homens e os crimes de Raghav como base estrutural de uma narrativa que frequentemente surpreende por evitar os caminhos que poderíamos julgar previsíveis em uma obra do tipo. Assim, se normalmente já esperaríamos uma dinâmica de gato-e-rato entre os personagens, o roteiro já subverte esta expectativa ao trazer Ramanna se entregando à polícia logo no início da trama - e, como se não bastasse, não demoramos a perceber que Raghavan é, em muitos sentidos, bem pior do que o vilão.

É uma aposta arriscada de Kashyap, já que em vários momentos ficamos à deriva no que diz respeito a qualquer possibilidade de identificação com os personagens; por outro lado, é justamente isso que diferencia Raman Raghav 2.0 de tantos outros exemplares do gênero. 

Além disso, é possível que o filme provoque uma estranheza pontual em quem não estiver muito habituado ao Cinema indiano, já que, aqui e ali, as escolhas musicais parecem estranhas e o tom flerta com um excesso novelesco. Ainda assim, é um trabalho interessante não só em função da abordagem atípica, mas também graças à performance fabulosa e assustadora de Siddiqui.

Clique na imagem abaixo para assistir.

Um grande abraço e bons filmes!

Outras edições da coluna:

Episódio #43: Transfatty Lives
Episódio #42: Um Cadáver para Sobreviver
Episódio #41: Sing Street
Episódio #40: As Duas Faces de um Crime
Episódio #39: Kung-Fusão
Episódio #38: Entre Nós
Episódio #37: Blue Jay
Episódio #36: Bone Tomahawk
Episódio #35: Man vs. Snake: The Long and Twisted Tale of Nibbler
Episódio #34: Assim na Terra como no Inferno
Episódio #33: Desaparecido - Um Grande Mistério
Episódio #32: Leonera
Episódio #31: Possuída
Episódio #30: Viagem à Lua de Júpiter
Episódio #29: The Witness
Episódio #28: I am the Pretty Little Thing that Lives in the House
Episódio #27: The 13th
Episódio #26: Amanda Knox
Episódio #25: Audrie & Daisy
Episódio #24: A Ponta de um Crime
Episódio #23: Cartel Land
Episódio #22: ARQ
Episódio #21: Sete Homens e um Destino
Episódio #20: Alan Partridge: Alpha Papa
Episódio #19: Stranger Things
Episódio #18: Em Nome de Deus
Episódio #17: The Invitation
Episódio #16: A Mulher Faz o Homem
Episódio #15: Branco Sai Preto Fica
Episódio #14: O Rei da Comédia
Episódio #13: Jesus Camp
Episódio #12: O Barco: Inferno no Mar
Episódio #11: A Fortuna de Ned
Episódio #10: Amy
Episódio #09: In the Loop
Episódio #08: Life Itself
Episódio #07: À Procura de Elly
Episódio #06: O Guarda
Episódio #05: Triângulo do Medo
Episódio #04: Tempo de Despertar
Episódio #03: A Trapaça
Episódio #02: Tyke: Elephant Outlaw
Episódio Piloto: 21 longas para começar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Pablo Villaça Colunista

Pablo Villaça, 18 de setembro de 1974, é um crítico cinematográfico brasileiro. É editor do site Cinema em Cena, que criou em 1997, o mais antigo site de cinema no Brasil. Trabalha analisando filmes desde 1994 e colaborou em periódicos nacionais como MovieStar, Sci-Fi News, Sci-Fi Cinema, Replicante e SET. Também é professor de Linguagem e Crítica Cinematográficas.