Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

David Fincher e Trent Reznor: a história de uma parceria de sucesso Cineclipado

por Tullio Dias

Muitas pessoas devem pensar que Trent Reznor, da banda Nine Inch Nails, só foi conhecer e trabalhar com o diretor David Fincher durante o processo de gravação da trilha sonora de A Rede Social. Na verdade, essa parceria da dupla já é bem mais antiga e começou na época em que Fincher preparava o lançamento de seu segundo longa-metragem: Se7en - Os Sete Crimes Capitais, em 1995.

Logo nos créditos de abertura, é possível ouvir uma versão remixada de "Closer", uma das faixas mais, digamos, picantes, da carreira do Nine Inch Nails. Com um clima soturno, e que poderia muito bem ser encaixado na trilha sonora de Millenium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, a canção encaixa como uma luva na thriller estrelado por Brad Pitt e Morgan Freeman. 

 

 

Ocupado com as gravações de The Fragile, terceiro disco de estúdio de sua banda, Reznor não participou da trilha de Clube da Luta, de 1999. Porém, Chuck Palahniuk, autor do livro em que o filme se baseia, revelou que o álbum The Downward Spiral serviu de influência enquanto preenchia as páginas do livro, principalmente os versos "I hurt myself today to see if I still feel" ("Me machuquei hoje para descobrir se ainda consigo sentir") da canção "Hurt", que inclusive chegou a ser regravada anos depois pelo cantor Johnny Cash (curiosamente, até mesmo Reznor admitiu que a versão ficou muito superior que a versão original).

Dez anos depois de Reznor contribuir com o diretor em Se7en, foi a vez de Fincher retribuir o favor dirigindo o curioso clipe do single "Only", do disco With Teeth, de 2005. Bastante conhecido na área dos videoclipes, dirigindo, por exemplo, o quase-noir "Janie´s Got a Gun", do Aerosmith, o belo vídeo em stopmotion de "6th Avenue Heartache", do The Wallflowers, o premiado "Freedom! ´90", de George Michael, dentre vários outros, Fincher teve na parceria com o NIN sua despedida na área dos clipes musicais. E que despedida, diga-se de passagem. Com direito a muitos efeitos especiais, o clipe é recheado de detalhes dignos da carreira do cineasta. 

 

Mas somente em 2010 a parceria entre Reznor e Fincher ganhou destaque e conhecimento no mundo do cinema. Ao serem convidados para comporem a trilha sonora de A Rede Social, Reznor e seu parceiro Atticus Ross, colaborador antigo do NIN e do projeto paralelo How To Destroy Angels, não poderiam imaginar o imenso sucesso obtido tanto junto ao público e à crítica, o que rendeu o prêmio de Melhor Trilha Sonora na premiação do Oscar em 2011. Ainda mais por se tratar da primeira experiência totalmente voltada para o cinema, o que é diferente de compor material original para um disco de rock. Além das composições instrumentais da dupla, Reznor também incluiu uma bela versão de "Creep", dos britânicos do Radiohead, como trilha do primeiro teaser da produção.

 

Um ano após o sucesso da trilha sonora do "filme do Facebook", Reznor e Ross retornam para o processo de composição das faixas de Millenium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, adaptação do romance do falecido jornalista sueco Stieg Larsson. Além da versão de "Immigrant Song", do Led Zeppelin, com vocais de Karen O, da banda Yeah Yeah Yeahs e responsável pela bela trilha sonora de Onde Vivem os Monstros, somente uma faixa é de conhecimento do público. Ainda sem título, a música pode ser ouvida no site oficial do filme. 

 

 

Reznor abriu caminho para que os músicos começarem a investir massivamente na composição de trilhas sonoras originais no cinema. Jonny Greenwood, guitarrista do Radiohead, será ouvido em Precisamos Falar Sobre o Kevin, de Lynne Ramsay; Jónsi, vocalista da banda Sigur Rós, será o compositor de We Bought a Zoo, novo filme de Cameron Crowe, também conhecido como o cineasta mais rock n'''''''' roll de todos os tempos, e assim por diante. Quem ganha com isso é o público e o cinema, que liberando espaço para novos compositores, passa a atrair uma parcela diferente do público: os fãs das bandas.

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

Cineclipado
Assista ao novo clipe em stop-motion do RADIOHEAD inspirado pelo filme O HOMEM DE PALHA
Cineclipado
Xavier Dolan e a banda Indochine
Cineclipado
RADIOHEAD + PTA agora ao ar livre em “The Numbers”!