Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

O elenco de HAIR E aí, meu irmão, cadê você?

O musical Hair resgatou os anseios de uma geração entorpecida que ansiava por liberdade e se recusava a cortar o cabelo, em contraste com os luxos e preconceitos da alta sociedade em plena Guerra do Vietnã. Confira o paradeiro do elenco deste filme de Milos Forman que marcou época. 

 

John Savage (Claude Hooper Bukowski)

John Savage já tinha passeado entre os gêneros faroeste, comédia e terror antes de se juntar ao grande time de O Franco Atirador (1978), de Michael Cimino. Depois de viver o soldado Claude em Hair, o ator marcou presença em Os amantes de Maria (1984), com Natassja Kinski, e outros papéis importantes em Salvador - O Martírio de um Povo (1986), de Oliver Stone, um padre em O Poderoso Chefão III (1990), de Francis Ford Coppola, e Além da Linha Vermelha (1998), de Terrence Malick, com quem trabalhou mais tarde em O Novo Mundo (2005).

Desde então, Savage passou a aparecer em filmes sem muita notoriedade como no nacional Amor por Acaso (2010), no fracasso Pecados Mortais (2012), em que viveu mais um padre, e no bélico Laços de Família (2014). Em breve, ele repetirá seu Capitão Rudy Ransom da série Jornada nas Estrelas: Voyager (1999) no televisivo Star Trek Equinox: The Night of Time.

 

Treat Williams (George Berger)

O doidão líder dos hippies em Hair foi o primeiro destaque na carreira de Treat Williams, que depois fez um capitão em A Águia Pousou (1976), de John Sturges, e estrelou 1941 - Uma Guerra Muito Louca (1979), comédia de guerra de Steven Spielberg. Foi também um detetive em O Príncipe da Cidade (1981), de Sidney Lumet, e participou de Era Uma Vez na América (1984), de Sergio Leone, e Por Trás de um Assassinato (1984).

Ele expandiu o território para comédias, romances e filmes de ação em O Fantasma (1996), com Billy Zane, Tentáculos (1998) e Nas Profundezas do Mar Sem Fim (1999) até ser chamado por Woody Allen para Dirigindo no Escuro (2002) e atuar na bem-sucedida série Everwood: Uma Segunda Chance (2002). Entre filmes despretensiosos como Miss Simpatia 2: Armada e Poderosa (2005) e Jogo de Amor em Las Vegas (2008), Williams apareceu em 127 Horas (2010), de Danny Boyle, deu aulas em Além da Sala de Aula (2011) e esteve no nacional Flores Raras (2013). Congressman (2016) foi o trabalho mais recente completado por ele.

 

Beverly D'Angelo (Sheila Franklin)

Antes de ficar famosa como a jovem rica em Hair, Beverly D'Angelo havia feito papéis razoáveis em A Sentinela dos Malditos (1977), Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977) e Doido para Brigar... Louco para Amar (1978), com Clint Eastwood. Beverly esteve ainda em vários longas como O Destino Mudou Sua Vida (1980), Cinderela às Avessas (1987), Rapidinho no Gatilho (1994), Olho Por Olho (1996) e o aclamado A Outra História Americana (1998), com Edward Norton.

Além de estrelar A Casa das Coelhinhas (2008) e Amor por Acidente (2015), a atriz voltou a viver a Ellen Griswold da franquia Férias Frustradas em um reboot com Ed Helms, Christina Applegate e o parceiro Chevy Chase.

 

Annie Golden (Jeannie Ryan)

Vocalista da banda The Shirts nos anos 70 e 80, Annie Golden foi bem-vinda ao cinema em Hair, cantou em Gatinhas e Gatões (1984) e teve papéis em Procura-se Susan Desesperadamente (1985), Presente de Grego (1987) e Os 12 Macacos (1995). Além disso, fez muitas pontas na TV e dublou a animação O Cristal e o Pinguim (1995). Acostumada com o ambiente penitenciário de O Golpista do Ano (2009), é destaque desde 2013 como a Norma Romano da série Orange Is the New Black.

 

Dorsey Wright (Hud)

Dorsey Wright, que havia aparecido no musical da Broadway que inspirou Hair, foi parte de uma gangue no clássico Warriors - Os Selvagens da Noite (1979). Pouco mais tarde, estrelou Na Época do Ragtime (1981), outra obra de Milos Forman, Um Hotel Muito Louco (1984), com Rob Lowe e Jodie Foster, dublou videogames, fez voice-overs em comerciais e depois de três décadas sem atuar em um longa-metragem, encarnou um sacerdote no horror Vamp Bikers DOS (2015), com uma sequência confirmada. 

 

Menções honrosas

Guitarrista e compositor, Don Dacus só apareceu no cinema em Hair como Woof, o primeiro a se recusar a cortar a cabeleira. Dacus foi parte da banda Chicago até ser expulso nos anos 80.

Dona de uma bela e potente voz, Cheryl Barnes, que interpretou a noiva de Hud na trama, também abandonou a carreira de atriz após o longa de Milos Forman, mas pode ser ouvida na trilha sonora de Gigolô Americano (1980), cantando "Love and Passion".

Em clima de contracultura, ficamos agora com "Let The Sunshine In", faixa da sequência final de Hair e talvez a mais impactante da inesquecível trilha sonora do filme.

--
Gostou da coluna? Deixe seu comentário abaixo, compartilhe com os amigos e confira outras edições aqui!

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

E aí, meu irmão, cadê você?
O elenco de LOUCADEMIA DE POLÍCIA - 2ª parte
E aí, meu irmão, cadê você?
Cadê Você, Geena Davis, de THELMA & LOUISE?
E aí, meu irmão, cadê você?
Cadê vocês, Shelley Duvall e Danny Lloyd, de O ILUMINADO?