Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

VINIL VERDE, de Kleber Mendonça Filho Curta em Cena

Antes dos bem-sucedidos longas O Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016), o diretor Kleber Mendonça Filho realizou vários curtas-metragens, entre eles o fantástico Vinil Verde (2004).

Escrito por Kleber com a amiga ucraniana Bohdana Smyrnova, que compartilhou uma popular fábula russa com o cineasta, o filme recebeu o prêmio de Melhor Edição de Som pelo Calunga Trophy (ao lado de Daniel Bandeira) e de Melhor Curta pelo Critics Award.

Montado a partir de fotografias 35mm tiradas em Recife, na surreal trama, Mãe dá a Filha uma caixa cheia de disquinhos coloridos de vinil, e só pede que Filha nunca toque o disquinho de cor verde... As duas são interpretadas respectivamente por Verônica Alves e Gabriela Souza, que no ano seguinte atuou em outro curta do diretor, Eletrodoméstica (2005).  

Trabalhando temas como desobediência e castigo, a atmosfera perturbadora de Vinil Verde é recheada de humor negro, mutilações lynchianas, flashes bizarros como bonecas sem cabeça, trilha sonora cada vez mais tensa e uma sonoplastia impecável, como o barulhinho da agulha da vitrola, que repete sinistramente entre acordes e letras infantis de Silvério Pessoa: “como a infância... como a infância...”

Confira o curta e uma breve entrevista com o diretor, que deixa o recado: "Nunca usem luvas verdes!":

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

Curta em Cena
Especial STAR WARS
Curta em Cena
Curta mostra cena de GRAVIDADE por outro ponto de vista
Curta em Cena
A Handy Tip for the Easily Distracted, de Miranda July