Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

AS PEQUENAS MARGARIDAS Cinema em Streaming

 

 

“Não me incomodo. Rio Muito. A vida sem humor fica muito pesada.”

Presidenta Dilma Rousseff


Fiquei em dúvida de como apresentar a dica de hoje, pois confesso não saber exatamente a que público a coluna atinge. Os cinéfilos mais “experientes” certamente conhecem Věra Chytilová, mesmo que apenas de nome, como uma das mais importantes cineastas a surgir nos anos 60 na antiga Tchecoslováquia e seu As Pequenas Margaridas (1966) como um dos grandes marcos da década; os cinéfilos que desconhecem, mas sempre dispostos a desbravar o cinema, abertos a novas experiências, certamente precisam conhecer; e os que só procuram algo mais convencional, sem tempo ou paciência para “maluquices”... bom, são apenas 76 minutos de seu tempo, que tal coçar a cabeça com algo nunca antes visto? Corre até o risco de se tornar uma experiência divertida.

Sim, uma experiência divertida. Um filme político, feminista, transgressor e bastante incomum, que passa longe de palavras (e aqui não vai nenhum juízo de valor) como sério, sisudo, militante, difícil. Sua complexidade e profundidade passam inclusive pela aparente leveza e simplicidade na forma como a diretora constrói esta narrativa de duas jovens que, diante de um mundo depravado, decidem que só resta serem igualmente depravadas.