Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

DORMIR ASSIM COMO SONHAR Cinema em Streaming

A dica de hoje certamente agradará mais aos cinéfilos, pois se trata de uma bonita homenagem ao cinema, em que referências a outras épocas e tradições estão presentes na forma (ou seu estilo) e conteúdo (ou sua trama). Trata-se de um filme dos anos 80 com técnica que remete ao cinema mudo cuja história de investigação nos leva ao noir dos anos 40-50.

Dormir Assim Como Sonhar impressiona primeiramente por ser a estreia de um cineasta, o japonês Kaizo Hayashi (que fez nos anos 90 uma elogiada trilogia com um detetive particular, Maiku Hama, porém pouco conhecida e vista por aqui), um trabalho nada amador ou simples tanto no cuidado estético quanto nos riscos tomados para narrar uma trama que se torna mais abstrata e inesperada em sua progressão.

O filme, de forma resumida, traz um detetive particular e seu fiel empregado contratados por uma ex estrela do cinema mudo para resgatar sua filha, sequestrada por um misterioso criminoso e que sempre aumenta o valor do resgate enquanto deixa enigmas para o protagonista desvendar, tal qual o Charada do Batman. Mas Hayashi narra essa história com um curioso procedimento: não ouvimos os personagens e nem muitos de seus movimentos, quando conversam somos informados por meio de cartelas, o que é típico de uma obra do período pré sonoro; exceto que ocorre um atrito ao optar pelo som no entorno (portas que se abrem, toques de telefone, etc) e para o sequestrador, cuja voz é a única a ouvirmos no filme.

Que este vilão se chame M. Pathé (nome da maior produtora dos primórdios do cinema) e que o mistério envolva um filme mudo dentro do filme, faz com que Dormir Assim Como Sonhar seja muito mais do que uma curiosidade ou mera homenagem (como o Oscar de Melhor Filme O Artista), uma vez que essa relação com uma tradição cinematográfica envolve crítica e continuidade. A fotografia em preto e branco é expressiva no uso de luz e sombras, como um legítimo film noir, e alguns momentos de humor, representações e trilha sonora não escondem se tratar de um produto do seu tempo, os anos 80.

É muito provável que os enigmas resolvidos pelo protagonista sejam mais interessantes para quem domina o japonês, e há certamente muitas referências a cultura local, como a participação de um Benshi (artista que no período do cinema mudo fazia a mediação entre público e filme, performando e narrando a obra), no entanto isso não impede o prazer que se tem ao acompanhar esse estranho mistério de trajetória onírica, com uma ideia muito forte de cinema como depositário de nossos sonhos mas sem a incompletude daquilo que sonhamos.

Dormir Assim Como Sonhar (1986) está disponível na FILMICCA.