Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

Cinco X-Men que mereciam mais destaque nos filmes Clube dos Cinco

A franquia X-Men já conta com sete filmes e pelo menos mais um já está confirmado pelo estúdio (que também cogita fazer spin-offs de outros personagens, assim como fez com Wolverine). Dezenas de mutantes já apareceram na tela, vários deles apenas em pequenas participações e, na maior parte dos casos, em versões diferentes das HQs. Pensando nos fãs que ficaram insatisfeitos com a abordagem dada a esses personagens, nosso Clube dos Cinco escolheu mutantes que já apareceram nos filmes, mas que mereciam ganhar mais destaque. 

Anjo

Filme em que aparece: X-Men: O Confronto Final (X-Men: The Last Stand, 2006) 

Divulgação

Para os fãs de quadrinhos, Warren Worthington III era um nome a se temer. Não que o X-Men conhecido como Anjo fosse um famigerado supervilão ou comparsa da Irmandade de Mutantes. Warren era bonito, milionário e tinha uma declarada atração por Jean Grey, a Garota Marvel. Em meados dos anos 60, Ciclope não era o destemido líder do grupo de mutantes do Professor Xavier, mas um magricela de óculos que nunca poderia removê-los sob o risco de machucar as pessoas à sua volta. E por disputar as atenções de Jean com um cara aparentemente mais que perfeito (já que, além de atraente, ele possuía um dos poderes mais desejados por todos os leitores, o dom de voar), podemos dizer que o maior adversário de Scott Summers vestia um uniforme das mesmas cores que o dele.

Divulgação

Como membro original dos X-Men ao lado também do Fera e Homem de Gelo, dois personagens que ganharam um bom destaque nos filmes da franquia cinematográfica da 20th Century Fox, o Anjo merecia uma participação maior na franquia do que sua breve aparição em X-Men: O Confronto Final. Mas como os recursos do diretor Bryan Singer eram bastante limitados durante a produção do primeiro longa da série, um personagem que precisaria de efeitos visuais todo o tempo que estivesse em cena certamente dificultaria as coisas. (Heitor Valadão)
 

Bishop

Filme em que aparece: X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past, 2014)

Divulgação

Bishop (ou Bispo, como já foi traduzido nas HQs no Brasil) tem o poder de absorver energia disparada contra ele e direcioná-la através do seu corpo. Foi criado por Whilce Portacio e Jim Lee em 1991 e se tornou um personagem recorrente nos quadrinhos dos mutantes ao longo da década. Nascido em um futuro alternativo, onde trabalhava monitorando outros mutantes, ele é um policial que tinha os X-Men como ídolos e se junta ao time de heróis após viajar no tempo atrás de um criminoso.

Sua trajetória é bastante complexa nos quadrinhos, envolvendo alterações na linha do tempo e em seu próprio papel junto aos X-Men. Sua popularidade o levou a substituir Kitty Pride na adaptação de Dias de um Futuro Esquecido para a série animada de televisão. Já no filme baseado na mesma história, ele e Kitty atuam juntos, algo que o roteirista Simon Kinberg afirma ter feito justamente para homenagear as duas versões anteriores da trama, já que agora é Wolverine quem assume o papel que eles desempenharam.

Divulgação

Com esse retrospecto de viagens no tempo, não é difícil de acreditar que Bishop poderá ser aproveitado no próximo filme, X-Men: Apocalypse. Em Dias de um Futuro Esquecido, onde é interpretado pelo francês Omar Sy, ele dá uma demonstração convincente de que seus poderes podem ser muito úteis. (Renato Silveira)
 

Colossus

Filmes em que aparece: X-Men 2 (X2, 2003),  X-Men: O Confronto Final (X-Men: The Last Stand, 2006) e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of Future Past, 2014)

Divulgação

Por mais que a formação original dos X-Men criada por Stan Lee e Jack Kirby tenha feito grande sucesso para a Marvel Comics nos anos 60, foi a nova equipe reformulada pelo roteirista Len Wein e o desenhista David Cockrum, em 1975, que introduziu diversos personagens preferidos dos leitores. Entre eles está Piotr Nikolaievitch Rasputin, mais conhecido como Colossus, o gigante russo capaz de transformar sua pele em aço orgânico adquirindo superforça no processo.

Apesar de ser o brutamontes do grupo, Piotr possui a alma de um artista e é um rapaz tímido, assim como sua participação nos filmes dos X-Men. Uma rápida aparição em X-Men 2 deixou os fãs salivando por mais, mas uma participação pequena em X-Men: O Confronto Final foi longe de ser o suficiente. Especialmente porque, como o diretor Brett Ratner teve que substituir Matthew Vaughn menos de um ano antes do lançamento do filme, muito tempo e dinheiro foram poupados com efeitos visuais. Então, ao invés de usar CGI para criar o visual de Colossus, como foi feito por Bryan Singer, Ratner optou por cobrir o ator Daniel Cudmore com uma roupa de borracha que, propositalmente, nunca é filmada de perto.

Divulgação

O personagem volta em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido com mais tempo de tela, mas, mesmo assim, jamais chega a ser um dos personagens principais. (Heitor Valadão)
 

Jubileu

Filmes em que aparece: X-Men: O Filme (X-Men, 2000), X-Men 2 (X2, 2003) e  X-Men: O Confronto Final (X-Men: The Last Stand, 2006) 

Divulgação

Por incrível que pareça, a jovem Jubileu (ou Jubilation Lee) está nos três primeiros longas da franquia. No filme de 2000, ela foi interpretada por Katrina Florece e possui uma pequena ponta. Porém, em uma cena deletada, aparece conversando com Vampira e Tempestade na sala de aula.

Já em X-Men 2, Kea Wong vive Jubileu em outras cenas curtas: Tempestade chega a gritar seu nome e ela conversa com o Professor X. Novamente, conhecemos um pouco mais sobre a mutante em uma cena deletada que mostra a garota usando seus poderes em um museu. Na produção seguinte, Wong volta a interpretar a personagem em uma cena rápida dentro de uma sala de aula.

Divulgação

A Jubileu das histórias em quadrinhos, que consegue descarregar energia plásmica pelas mãos, encontrou os X-Men após se infiltrar na base temporária dos heróis, na Austrália, e logo se tornou parceira e amiga de Wolverine. (Antônio Tinôco)
 

Psylocke

Filme em que aparece: X-Men: O Confronto Final (X-Men: The Last Stand, 2006) 

Divulgação

Psylocke apareceu apenas uma vez nos filmes da franquia e foi interpretada por Mei Melançon. No longa, a personagem faz parte da Irmandade de Mutantes comandada por Magneto. Ela fala apenas duas frases, é retratada com algumas mechas roxas no cabelo e tem o poder de se teletransportar.

Divulgação

Nos quadrinhos, suas habilidades são bem diferentes. A mutante, que também atende pelo nome de Betsy Braddock, possui dons como telepatia, telecinese, premonição e materialização psíquica. Quando ela foi sequestrada pelo vilão Mojo, os X-Men a resgataram e Psylocke decidiu ficar no grupo. (Antônio Tinôco)
 

Menção Honrosa

Ciclope e Tempestade

Dois personagens recorrentes na franquia X-Men e com papéis de destaque. Mas quem os conhece nos quadrinhos sabe que foram extremamente mal usados nos filmes.

Divulgação

Nas HQs, Ciclope (interpretado por James Marsden nos três primeiros filmes e por Tim Pocock em X-Men Origens: Wolverine) é um verdadeiro comandante, liderando os X-Men em batalha, sendo muito mais do que apenas uma ponta do triângulo amoroso com Jean e Wolverine.

E Tempestade (vivida por Halle Berry nos três primeiros filmes e em Dias de um Futuro Esquecido) tem uma interessante história ligada às suas raízes africanas e chegou a liderar os X-Men após o afastamento de Ciclope na “saga da Fênix”. Nos filmes, ela aparece quase como uma obrigação, já que é uma das mais populares personagens dos quadrinhos e não poderia ficar de fora. Não chega a ter um papel determinante nem a usar a totalidade de seus poderes. (Renato Silveira)

Agora é a sua vez! Deixe sua contribuição para o nosso clube nos comentários abaixo e compartilhe com os amigos!
--
OUTRAS EDIÇÕES DA COLUNA

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

Clube dos Cinco
Cinco títulos iguais usados para filmes diferentes no Brasil
Clube dos Cinco
Cinco mães detestáveis
Clube dos Cinco
Clube dos Cinco: Cinco filmes com gatos