Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

O elenco de PORKYs E aí, meu irmão, cadê você?

O Poderoso Chefão acaba de completar 40 anos. Ganhou de presente um podcast exclusivo e um especial belíssimo. Mas muitos filmes importantes estão fazendo aniversário agora neste mês de março. E tão grandioso quanto a obra-prima de Francis Ford Coppola, é um filme lançado dez anos depois e que acaba de completar 30 anos de lançamento. Um filme que colocou em chamas a libido dos adolescentes que ficavam acordados madrugada adentro para assistir a este novo clássico em versão dublada e cheio de comerciais na Globo. Um filme que prometia mulheres nuas e picardias estudantis meses antes do filme de mesmo nome chegar aos cinemas. Este filme é Porky's - A Casa do Amor e do Riso.

Para comemorar em grande estilo os 30 anos desta comédia que, independente da sua qualidade, marcou uma época, perguntamos: e aí, Porky, cadê você? Comecemos pelo personagem título.

Chuck Mitchell (Porky)

Nascido em 28 de novembro de 1927, no estado de Connecticut, Chuck Mitchell começou uma carreira tardia como ator em pequenos papéis para a televisão após anos como cantor e comediante. Mas foi o papel do "Don Corleone da baixaria" de Porky's que o tornou conhecido. Tão conhecido que, no fim de sua vida, adotou o apelido Porky como nome artístico. Depois da comédia, ele trabalhou nas continuações e também em Minha Vida é um Desastre, com John Cusack, além de mais participações na TV. Faleceu em 1992, vítima de uma cirrose hepática.

Tony Ganios (Meat), Wyatt Knight (Tommy), Dan Monahan (Pee Wee), Cyril O'Reilly (Tim), Roger Wilson (Mickey), Kaki Hunter (Wendy), Scott Colomby (Brian) e Mark Herrier (Billy)

   

Em Pânico, o personagem de Jamie Kennedy diz que, nos filmes de horror, quem faz sexo, morre. Seguindo essa lógica, podemos dizer que quem vai ao Porky's normalmente não consegue estabelecer uma longa carreira. Você talvez se lembre de Tony Ganios, o Meat (ou "Bife", como foi chamado nas dublagens brasileiras) como capanga do vilão ou segurança de boate em filmes como Duro de Matar 2 ou Sol Nascente. Hoje, ele divide sua "carreira" como vendedor de seguros. Dan Monahan (não confundí-lo com o Dom Monaghan de Lost e O Senhor dos Anéis) trabalhou bastante em comédias como Corrida na Correnteza (outro "clássico" das tardes da Globo) e Este Advogado é uma Parada, também do diretor Bob Clark. Cyril O'Reilly trabalhou muito como ator, mas em poucos papéis de destaque. Kaki Hunter hoje trabalha como arquiteta e nas horas vagas dá aulas de canoagem.

Nancy Parsons (Beulah Balbricker), Boyd Gaines (Técnico Brackett) e Kim Cattrall (Srta. "Lassie" Honeywell)

Sim, meu amigo, todos temos um passado tenebroso. O de Kim Cattrall (que depois fez sucesso com a série Sex and the City e suas adaptações cinematográficas) uivou no vestiário masculino do colégio Angel Beach High. Tudo culpa de Boyd Gaines, que não teve uma carreira de destaque, mas teve papéis pequenos em bons filmes, como O Destemido Senhor da Guerra e o remake americano de Violência Gratuita.

Nancy Parsons teve uma carreira estável desde 1976 e participou de diversos filmes, como Flores de Aço e Impacto Fulminante. A atriz morreu em 2001.

Bob Clark, o diretor

O responsável por tudo isso é Bob Clark, que é considerado um diretor cult nos Estados Unidos. Além de Porky's e sua primeira continuação, ele dirigiu filmes Noite do Terror (Black Christmas), que ganhou um remake em 2006; Rhinestone, uma das poucas (e péssimas) comédias com Sylvester Stallone; Uma História de Natal; e Bebês Geniais e sua continuação. Infelizmente, Clark morreu em um acidente automobilístico em 2007, aos 67 anos, junto com seu filho Ariel, vítimas de um motorista embriagado que entrou na contra-mão.

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

E aí, meu irmão, cadê você?
Os mestres e alunos de SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS
E aí, meu irmão, cadê você?
Cadê vocês, soldados de NASCIDO PARA MATAR?
E aí, meu irmão, cadê você?
Jennifer Grey, a Baby de DIRTY DANCING