Seja bem-vindx!
Acessar - Registrar

O elenco original de STAR WARS E aí, meu irmão, cadê você?

Aproveitando a "Semana Star Wars" do Cinema em Cena, hoje resolvemos mostrar nesta coluna por onde andam os atores que deram rosto a alguns dos personagens mais famosos da história do cinema.

Mark Hamill - Luke Skywalker

Você pode achar que este foi o primeiro trabalho de Mark Hammill no cinema. E você está correto. Mas desde 1970, quando tinha 19 anos, ele já trabalhava arduamente em séries e filmes para a televisão quando finalmente conseguiu o papel que mudou sua vida: Luke Starkiller. Quer dizer, Skywalker. Afinal, o nome original soava muito violento para o ingênuo herói, assim como A Vingança de Jedi acabou se chamando O Retorno de Jedi, já que vingança não é um conceito Jedi (mas é dos Sith, ou você acha que o Episódio III recebeu aquele nome à toa?).

Mas voltando ao assunto, Hamill teve um acidente de carro durante as filmagens de Star Wars. Algumas fontes diziam que o ator estava desfigurado, que sua carreira terminara antes de começar. Claro, em algumas cenas ele teve que ser substituído por um dublê, mas não ocorreu nada mais grave que fraturas no nariz e maçã do rosto, além do que as filmagens já estavam no final.

Depois da série Star Wars, Hamill trabalhou na Broadway e em alguns filmes de pequeno porte, mas concentrou sua carreira na TV, especialmente em dublagens, já que muitos produtores hesitavam em ter Luke Skywalker em seu filme. Hamill não ficou longe de universos fantásticos. Ele dublou o Coringa em diversas encarnações do personagem em desenhos animados e videogames do Batman, além de ser o Trapaceiro na finada série televisiva The Flash. Ele também dirigiu seu primeiro filme, Comic Book: The Movie, um mockumentary sobre a relação entre Hollywood e os heróis das histórias em quadrinhos. Hoje, continua se dedicando ao trabalho vocal como a série de bonequinhos Frango Robô e interpretando papéis em filmes de baixo orçamento.

Vale lembrar (ou seria melhor esquecer?) ainda de sua participação em O Império do Besteirol Contra-Ataca (2001), onde Kevin Smith, fã confesso de Star Wars, realizou seu sonho de enfrentar o intérprete de Luke em um duelo de sabres de luz. Só que ele colocou Hamill num papel que tranforma a homenagem em ridicularização.

Carrie Fisher - Princesa Leia

A carreira de Carrie Fisher é o que os americanos chamam de cautionary tale, ou seja, uma história para usar como exemplo quando você quer que alguém não tome certas atitudes. Afinal, a intérprete da Princesa Leia teve um sério problema com drogas e bebida logo que sua carreira deslanchou, após a série Star Wars. Ao se recuperar, escreveu um livro que refletia boa parte de sua experiência: Postcards from the Edge, que acabou se tornando o filme de Mike Nicholls, Lembranças de Hollywood, com Meryl Streep e Shirley MacLaine.

Anos mais tarde, Fisher escreveu uma autobiografia, Wishful Drinking, mas nunca abandonou o mundo do entretenimento. Muito pelo contrário, ela teve papéis importantes em comédias como Harry e Sally - Feitos Um Para o Outro e Meus Vizinhos São um Terror.] Chegou a ficar noiva de Dan Aykroyd enquanto ambos filmavam Os Irmãos Cara de Pau, mas acabou cancelando o noivado para reatar um namoro com o cantor Paul Simon, com quem se casou, divorciou-se e acabou tendo um longo relacionamento após o divórcio.

Até hoje trabalhando como atriz, Fisher dá voz à personagem Angela no desenho Uma Família da Pesada e já fez várias participações em séries de sucesso, como 30 Rock, Smallvile, Weeds e Entourage. No cinema, seus mais recentes trabalhos foram a comédia romântica Mulheres - O Sexo Forte, de 2008, e o terror Pacto Secreto, de 2009.

Harrison Ford - Han Solo

Ah, qual é! Você sabe muito bem por onde anda Harrison Ford. Além do mais, ele não gosta de conversar sobre Star Wars.

 

 

James Earl Jones - Darth Vader (voz)

A imagem de Darth Vader é certamente uma das mais icônicas da história da humanidade, mas o que seria do homem sem sua voz? James Earl Jones já era um ator estabelecido em Hollywood quando emprestou sua voz para o trágico vilão de Star Wars. Trabalhou com diretores como Stanley Kubrick, em Dr. Fantástico, e Martin Ritt, em A Grande Esperança Branca. Durante os intervalos entre os filmes de George Lucas, teve papéis em O Exorcista II - O Herege e emprestou sua voz e rosto a outro grande vilão: Thulsa Doom, em Conan, O Bárbaro.

Dublou ainda diversos papéis, inclusive na rede de televisão CNN, mas também teve grandes atuações no cinema, sendo as mais conhecidas como o pai de Eddie Murphy em Um Príncipe em Nova York, o escritor Terrence Mann em Campo dos Sonhos ou o almirante Greer ao lado de Harrison Ford em Jogos Patrióticos e Perigo Real e Imediato. Sem falar na voz do leão Mufasa, em O Rei Leão e sua continuação.

Recentemente, Jones fez uma divertida participação na série Two and a Half Men, interpretando ele mesmo ao ser contratado para fazer um discurso no funeral do personagem de Charlie Sheen. Em breve, poderá ser visto ao lado de Brendan Fraser, Vanessa Hudgens e Rosario Dawson no drama Gimme Shelter e na fantasia Starbright. E mais uma vez ele emprestará sua voz a um vilão em Jack, o Matador de Gigantes, de Bryan Singer, que foi adiado para o ano que vem.

Peter Cushing - Grand Moff Tarkin

Peter Cushing já caçou vampiros, criou monstros, até encarnou Sherlock Holmes. mas quando participou de Guerra nas Estrelas já estava nos últimos anos de sua carreira, que terminou em 1986 com o lançamento de Biggles - Adventures in Time, um filme quase esquecido. Você pode se lembrar dele em uma ótima cena de Top Secret!, onde ele interpreta o dono de uma loja de livros sueca onde tudo acontece ao contrário da vida real, até os diálogos. Cushing faleceu em 1994, aos 80 anos, de câncer na próstata.

 

Phil Brown e Shelagh Fraser - Owen e Beru

Como seus pequenos papéis em Star Wars, assim foram as carreiras de Phil Brown e Shelagh Fraser. Participações em séries de TV, pequenos papéis em filmes de grande porte, coisas do tipo. Ambos já faleceram. Brown aos 96 anos, vítima de pneumonia, em 2006, e Fraser em 2000, aos 79 anos, de causas naturais.

Kenny Baker, Anthony Daniels, Peter Mayhew e David Prowse - R2D2, C3PO, Chewbacca e Darth Vader

   

Ah, the unsung heroes. Os atores que emprestam seus corpos para, no caso de Prowse, nem ter uma voz. Não é novidade que nenhum deles tornou-se um astro e que repetiram os papéis em diversos filmes da franquia, além dos spin-offs como a série animada Droids. Mas não se sinta mal por eles. Os cheques de royalties e os convites para convenções de ficção-científica são mais do que suficientes para pagar as contas.

Menção Honrosa: Alec Guinness - Obi-Wan Kenobi

Star Wars foi um dos últimos trabalhos de destaque do grande Alec Guinness. Depois de suas rápidas aparições em O Retorno de Jedi, ele ainda participou do último trabalho do diretor David Lean, Passagem para a Índia. Antes de se aposentar fez alguns trabalhos para a televisão, além de participações em Kafka, de Steven Soderbergh, Um Punhado de Pó e ainda ganhou uma indicação ao Oscar de ator coadjuvante por Little Dorrit. Não venceu, mas pouco importa. Afinal, ele já tinha ganhado o prêmio de melhor ator por A Ponte do Rio Kwai, em 1958, e um Oscar honorário por sua contribuição ao cinema em 1980. Alec Guinness faleceu em 5 de agosto de 2000, vítima de um câncer de fígado.

Sobre o autor:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você também pode gostar de...

E aí, meu irmão, cadê você?
Especial Dia do Rock: ISTO É SPINAL TAP
E aí, meu irmão, cadê você?
Cadê Você, Gene Wilder?
E aí, meu irmão, cadê você?
Cadê você, Michael Cimino?